quinta-feira, fevereiro 25, 2010

Escravos do tabaco

Foi retirada na França a polêmica campanha anti-fumo, que mostrava jovens em posições que sugeriam o sexo oral um tanto quanto forçado. Eles estavam ajoelhados diante de um adulto com um cigarro na boca. O slogan da campanha dizia "fumar significa ser um escravo do tabaco".

A associação de Direitos dos Não-Fumantes (DNF), responsável pela campanha, disse que as imagens não mostram estrupo nem abuso, mas objetivam criar um impacto, especialmente entre os fumantes mais jovens, pouco atingidos pelas campanhas mais tradicionais. Contudo, os anúncios causaram polêmica por conta da banalização do abuso sexual e pela associação do sexo ao câncer.

A Organização Mundial da Saúde diz que o cigarro mata aproximadamente 4,9 milhões de pessoas por ano e é a segunda causa de morte no mundo (depois da hipertensão), matando um em cada dez adultos.

Thiago Mattos

Marcadores: ,

2 Comments:

Blogger Zeb said...

essa campanha fez um buzz, porque sem anúncios na tv nem nas revistas toda a gente falou e falou e falou... a mensagem atingiu toda a gente.

agora a pergunta é : " mas teve impacto ?"... sei la.

mas o que me decepciona nesse anúncios é que mais uma vez o publicitários usam o "choc" para passar uma mensagem. sou pessoalmente convencido que não é a boa forma de sensibilizar o povo. já vemos tanta violência que mostrar um homem com cancro da pele, um fetus morto ou um pulmão negro não emociona mais ninguém.

e nesse sentido prefiro o anuncio vídeo para Internet que a mesma agência de publicidade criou no meio da polémica
http://www.youtube.com/watch?v=ljSKYTOl1ew&feature=player_embedded
humor super sinico, negro, inteligente... isso é que é bom

do mesmo tipo, uma campanha inglesa para por o sinto no caro. acabaram com as imagens de sangue e de mortos. fizerem uma publicidade com emoção. muito boa
http://www.youtube.com/watch?v=zmGzStrFsOc&feature=player_embedded

comentários ?

6:28 AM  
Blogger sergio said...

TV Digital com 500 canais sem mensalidade www.tvhd.com.br

6:01 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home